1.6.14

Vai ser BONITO assim lá no Mato Grosso do Sul! - O nosso planejamento


A introdução mais longa e algumas informações práticas...
Mato Grosso do SUl
Chegou a metade do ano e nada das postagens novas (nem de continuar com as antigas no Blog!), já nem vou escrever sobre as milhares de dificuldades e de como teve tanta correria nesse semestre e que só agora, finalmente eu pude respirar aliviada e blablablá. Então, vou assim, curto e direto, falar sobre uma viagem tão especial que fizemos no início do ano, mais especificamente em fevereiro, em comemoração de milhares de coisas ao mesmo tempo: nossas bodas de algodão, meu aniversário e a conclusão da residência do marido.
E por que Bonito-MS para tantas comemorações? Porque era uma viagem que já queríamos fazer há um bom tempo e sabíamos que precisaríamos de tempo e grana para isso. Bastou uma Mega Promo da Tam (não, infelizmente ainda não somos patrocinados por ninguém) e Belém não ficou tão distante do Mato Grosso do Sul, somado à uns plantões extras que me renderam 5 dias de folga e pronto: uma semana inteira para curtir o melhor que a cidade poderia nos proporcionar!
Na verdade, não a cidade propriamente dita, pois ela não tem muitos atrativos, lembro que reclamamos que se queríamos fazer qualquer coisa, tínhamos que ir para uma fazenda perto e pagar. Lá não tem nada de graça, nem uma beira para você sentar no fim da tarde, pegar um vento e apreciar o pôr-do-sol (quem me conhece sabe que nada me emociona mais na vida que um belo pôr-do-sol). O que tinha na cidade era uma rua comprida com lojas e restaurantes por todos os lados e uma pracinha e a vida noturna definitivamente não é o forte de lá (ok, nem o nosso). 
Mas calma, isso não é motivo para desistir de Bonito. Muito pelo contrário, Bonito é Bonito pra caramba e vale à pena ir lá pelo menos uma vez na vida. Só falo que é importante saber disso para você sair da sua casa, já bem programado sobre o que vai fazer dia-a-dia e escolher um hotel legal, para relaxar na beira da piscina, ou quem sabe tirar um cochilo no redário no hotel, nos momentos que você não estiver fazendo um passeio.
A emoção foi tão grande em encontrar uma passagem super barata para lá, que compramos imediatamente sem nem nos atentamos se era época de alta ou baixa temporada, se estava em piracema ou não, se choveria,  nevaria, teria tufões, furacões, faria frio ou calor, se todas as atrações estariam disponíveis ou qualquer coisa que pudesse "boicotar" nossa viagem. Resultado: fomos em um período de baixa temporada, no qual tem suas vantagens, pois as atrações não ficam tão lotadas e os preços são um pouco menores. E como desvantagens, era época de piracema, logo tinha "poucos" peixes nos rios (o que tecnicamente não é tão problemático, pois ainda assim, a nossa flutuação no Rio Prata foi muito linda e vimos muitos cardumes) e a flutuação e mergulho na lagoa misteriosa estavam fechados, pois nessa época do ano, por um processo natural de proliferação de algas a água fica turva, ficando aberta para os passeios somente entre maio e setembro. Havia o risco de chuvas e de fato choveu todos os dias, mas era uma chuva rápida e não atrapalhou nenhum dos passeios. Então se você só tem esse período para ir à Bonito, não se preocupe. Vá! Que no fim tudo dá certo. 

Os passeios...

O ideal seria já sair da sua casa com os passeios reservados, mas indo em baixa temporada, acredito que não teria problemas em encontrar todas as atrações lotadas, só que eu não arriscaria perder algum por não ter reservado e no dia já estar lotado. Lá, você tem que comprar os passeios por uma agência, pois todos eles são devidamente programados com hora marcada e tem um limite de pessoas, tudo para não prejudicar a natureza e tentar manter o ambiente mais natural possível (Ecoturismo, lembra?). E não adianta chegar na porta da atração e querer comprar a entrada. Não vai rolar! Mas não se preocupe, pois geralmente cada hotel tem uma agência para chamar de sua e no momento que você faz a sua reserva de hospedagem, a agência já entra em contato mandando todas as opções de passeios. E nem adianta querer pesquisar em outras agencias, pois os preços são todos tabelados.
E atenção: os preços que te enviam são referentes somente à entrada no local. O transporte são outros 500... ou você paga o transfer (que na nossa opinião não compensa), ou aluga um carro. Nós alugamos um novo uno 1.0, que pegamos e devolvemos no aeroporto, e ele deu conta direitinho de todas as estradas de terra que levavam aos passeios. E não há riscos de se perder. É muito fácil e os caminhos são bem sinalizados. Todos os dias, antes do passeio, a gente ia na agência pegar os vouchers e eles mostravam em um mapa o caminho e ainda verificavam se a gente estava vestido de maneira adequada para ir ao lugar.
Via de regra, para garantir que viu o principal de Bonito, você precisa ir à: uma gruta, uma cachoeira e uma flutuação. Existem muitas de opções! Alguns oferecem passeios de "aventura" como boia cross, arvorismo, bote e etc, mas nós, particularmente, recomendamos deixar para fazer isso em Brotas-SP, porque fizemos e de aventura não tem nada! Ainda lembro que a maior aventura do passeio foi explicar para quem nos acompanhava que Belém era uma capital como qualquer outra do Brasil, com engarrafamento, poluição, shoppings centers e supermercados lotados, enquanto o o cara que conduzia o bote, pegava uns baldes de água do Rio Formoso e jogava nas nossas cabeças. Então não gaste seu dinheiro com isso e pague outra flutuação, ou então, quem sabe um mergulho de cilindro? Ou um rapel?

Como se chega à Bonito?

Bonito fica a aproximadamente 300 kms de Campo Grande e existe diversas formas de chegar ao paraíso.
Pode ser de ônibus (não recomendamos, pois não é tão barato, tem que esperar o horário de saída e a viagem dura quase cinco horas), pode ser de transfer que a própria agência já te oferece junto com os passeios, o que já é mais cômodo, pois eles te buscam no aeroporto (esse transfer pode ser coletivo ou um carro com motorista que eles mandam especialmente para te buscar - depende do nível de conforto e comodidade que você quer e de quanto você esta disposto a pagar), de avião (mas não é o caso de quem mora aqui para o norte) ou de carro alugado, que foi a nossa opção e um excelente custo benefício. Alugamos por todo o tempo que ficamos lá.  Colocamos na ponta do lápis e ficou bem mais em conta que pagar todos os transfers para dois, mais o deslocamento para Bonito, fora a liberdade que tínhamos para nos locomover para onde e a hora que quisessemos.

Onde se hospedar?
Existem muitas opções, afinal a cidade com seus 25mil habitantes gira em torno do turismo. Sempre sugiro para pesquisar em Blogs e ver recomendações no Tripadvisor. Isso depende do que cada um quer e de quanto esta disposto a pagar. Nós seguimos a linha de economizar em tudo desde que consigamos manter nossa dignidade, mas não abrir mão dos passeios de jeito nenhum.
Dessa vez tiramos a sorte grande. Eu havia feito a reserva em um lugar simples, mas ajeitadinho, bem longe do centro da cidade pelo Booking e estava feliz e satisfeita. Mas eu sigo o Zarpo* e nessa época ví uma excelente oferta, em um hotel bem superior ao que havia reservado, bem mais central e que oferecia café da manhã e lanche da tarde e pelo mesmo valor. Tratei de cancelar o primeiro hotel e fiz a reserva no Águas de Bonito. Foi perfeito! Fomos bem recebidos, bem tratados, ficamos em um quarto enorme, com varanda e rede. Tenho que admitir que fiquei com muito receio de fazer a reserva pela Zarpo, fiquei com medo de sermos tratados mal ou de sermos jogados para o quarto mais inferior, feio e fedido do lugar, justamente por reservar por um site que oferecia preços promocionais, mas deu tudo certo e desde então eu sempre busco ofertas pela Zarpo quando planejo uma viagem para algum lugar (Para receber o convite e se cadastrar no Zarpo, clica aqui).

Afinal, como foram os passeios? Qual foi o roteiro? 

Neste post aqui, está detalhadamente o nosso roteiro em Bonito, com tempo de duração e valores dos passeios.






* O Zarpo é um clube e eu ganho vantagens quando alguém aceita meu convite, cujo link está no post; todos os associados ganham créditos no clube quando alguém faz reservas através de um convite seu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário