25.7.13

Loki Hostel: Onde se hospedar em Cuzco (ou não)

O Loki hostel faz parte de uma rede de hostels que pode ser encontrado em várias cidades como: Lima, Cusco, Salta, Mancora e La Paz.
Em Cusco, fica localizado na Cuesta Santa Ana, n 601, em um casarão com mais de 400 anos de história, tombado como monumento nacional (e é lindo!), há pouquíssimos quarteirões da Plaza de Armas. 
Possui um ótimo custo benefício e acolhe mochileiros do mundo todo (inclusive vivíamos tropeçando em Brasileiros lá durante o café da manhã).
Ficamos hospedados por 3 dias e temos algumas considerações sobre o lugar:


Pontos favoráveis

1) Hospedagem super em conta. Para um quarto de casal com banheiro privativo, em 3 dias de hospedagem, gastamos aproximadamente 35 dólares (em julho de 2012).
2) O lugar é acolhedor e os funcionários são muito bons e bem-educados. Mesmo chegando de madrugada e nossa diária começando apenas as 13:00 horas, eles aceitaram guardar nossas mochilas e nos deixaram ficar na sala de televisão, onde além de TV (é claro), tinha pufes e sofá e até daria para tirar um cochilinho e esperar o dia amanhecer, porém tinham outros dois hóspedes lá na mesma situação que a gente e que ao nos avistar, oferecendo um cigarrinho de boas vindas. No, thanks! Além de não ser chegada a essas coisas, sofro de alergia com muitas coisas e definitivamente fumaça de cigarro ou qualquer outra coisa que "se fume" não fazem nada bem aos meus pobres pulmões.
3) O café da manhã - leite, café solúvel, manteiga, pão e chá - ficava a disposição de 06:00 da manhã até as 14:00 horas e podia tomar várias vezes ao dia (mas dificilmente você volta no meio da manhã para o hostel, né?)
4) Água quente no banheiro e toalhas trocadas diariamente.
5) Após o nosso Check out, guardaram nossas mochilas quando fomos para Águas Calientes por 1 noite e quando voltamos para buscá-las no fim da tarde do dia seguinte, pudemos usar os banheiros do Hostel e a sala de TV para reorganizar nossas mochilas. E depois de uma semana, após rodar pelo Peru e Bolívia, voltamos à Cuzco, de manhã bem cedinho e como nosso ônibus para Rio Branco só sairia a tarde, fomos lá pedir encarecidamente para guardarem nossas mochilas até a hora de partirmos. E guardaram! O melhor de tudo é que nunca cobraram por esse serviço!
6) Sempre tinha chá disponível e gratuito na recepção.
7) Boa área de lazer

Pontos desfavoráveis - Essa dica eu gostaria de ter lido antes de ter ido

1) O Loki fica no alto de uma ladeira!São muitos degraus pra subir até chegar lá e eu tinha impressão que ia morrer a cada subida, simplesmente eu não tinha fôlego! E isso não é só porque somos sedentários, mas há 3400 metros acima do nível do mar, toda e qualquer subida é difícil até para esportistas (pelo menos nos primeiros dias).



e tinha que subir muito mais degraus para chegar no Loki....


2) Nosso quarto era muito, muito, muito frio e não consegui dormir direito uma única noite, mesmo com meia calça fio 80 por debaixo do pijama de manga e calça comprida.
3) Tem que pagar em dinheiro. Se preferir pagar com cartão de crédito ou VTM, é cobrada uma taxa adicional (que se não me engano, é de 12%) sobre o valor total da hospedagem.



Ponto Polêmico - O que é ruim pra gente, não necessariamente é ruim pra você...



Nosso quarto ficava na frente do "borburinho". Para quem curte e tem ânimo para ficar na balada a noite, depois de ter batido perna o dia todo pela rua, pelas ruínas históricas, pelo vale sagrado, etc e etc,é perfeito, pois você não precisa sair do hostel e pode beber a vontade, que em segundos você esta dentro do seu quarto. Mas se você é como a gente, que prioriza passeios de manhã cedo (na tentativa de chegar nos lugares antes de todo mundo) e que precisa de uma noite bem dormida para não se tornar uma múmia ambulante no dia seguinte, cai fora! Não vale a pena. Lembro de uma madrugada que estava lutando contra o frio e contra as batucadas bem na porta do nosso quarto, véspera de ir para Àguas Calientes (e não deu outra: estava tão cansada que dormi no trem no caminho para Águas Calientes).

Nenhum comentário:

Postar um comentário